domingo, 3 de agosto de 2008

O azul ver de mais turquesa



O céu tem a cor
Dos seus olhos e do amor
O mar tem o tom
Dos seus olhos como dom

No céu eu vejo o sol
Em seus olhos eu sinto Deus
No mar eu sinto o sal
Em seus olhos eu vejo os meus

O céu azul me deixa em órbita
O seu olhar é o meu vôo
O mar enciumado se agita
Pois para o seu azul eu vou

O “ver de perto”, é o verde dos olhos meus
E o meu verde no seu azul habita
Azulando meus olhos nos seus
Enluarado eu fico por você, menina bonita

Não sou turco de natureza
Nem você minha turca é
Mas nossos olhos nessa mistura turquesa
Faz de mim o seu homem e você a minha mulher

Júlio Nessin
Publicado no Recanto das Letras em 03/08/2008

MEUS VÍDEOS

Loading...